II Domingo da Paixão

53f3b3e8-b435-48d1-ab95-c1ff88ef1438

Antiquíssimo é o rito desse domingo. Tão antigo que remonta a uma época em que se rezavam duas Missas. A maior marca de hoje é, precisamente, a procissão de ramos, quando a Igreja imita aquela inspirada manifestação da realeza de Nosso Senhor, feita pelo povo, o mesmo que, alguns dias adiante, escolherá Barrabás ao Rei dos reis, como nos recorda a Passio.

O canto da Paixão é, também, outro marco da Liturgia de hoje. Os três tons, do cronista, da sinagoga e das falas de Cristo; essa num tom mais baixo, revela a profundidade e gravidade das palavras de Cristo e, igualmente, a Sua realeza.

Gostaria de voltar à procissão. A procissão, ao chegar à igreja, encontra-a de portas fechadas. Bela imagem de Cristo, buscando entrada no coração dos Seus que não O receberam (cf. Jo 1,11). Há ainda outra cerimônia tanto rica como mística. Os coros alternados dentro e fora da igreja, símbolo, como disse um padre amigo, dos Anjos no Céu (dentro da igreja) e os homens resgatados pela Paixão (os que estão fora). A procissão de hoje mostrou esse profundo significado místico àqueles que dela participaram. Aquela espera do lado de fora, enquanto se cantava o Gloria laus, debaixo daquele forte sol, não é uma imagem da espera daqueles que após a morte se encontram no Purgatório e ainda têm que fazer derreter a culpa de seus pecados no calor da Caridade de Deus?

As portas do céu se nos abrem após as batidas da Cruz, pois apenas ela pode levar o homem a Deus.

Anúncios
Esse post foi publicado em Espiritualidade, Liturgia e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s